APLICAÇÃO DE SISTEMAS DE CLASSIFICAÇÃO CLIMÁTICA PARA A BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PIRAPÓ - PR

Paulo Miguel De Bodas Terassi, Hélio Silveira

Resumo


O presente trabalho objetiva empregar os métodos de classificação climática de Köppen (1918), Nimer (1972) e Nimer e Brandão (1985). A área de estudo é a bacia hidrográfica do rio Pirapó, que está situada entre entre os paralelos de 22º30’S e 23º30’S e os meridianos de 51º15’W e 52º15’W. A aplicação do sistema de classificação climática de Köppen (1918) dividiu a bacia em duas áreas climaticamente distintas: Cfa (Subtropical Quente) nos setores acima de 650 metros e Ama (Tropical com Inverno Seco) nas porções de menores cotas altimétricas. A classificação climática de Nimer (1972) indicou quatro tipologias climáticas: quente úmido com subseca em julho e seca em agosto no setor noroeste, quente superúmido com subseca em julho e/ou agosto nos setores norte, leste, oeste e central, subquente superúmido com subseca na porção sul e subquente superúmido sem seca no setor sudeste. O método classificatório de Nimer e Brandão (1985) indicou oito tipologias climáticas para a bacia hidrográfica, com valores do índice de umidade mais elevado no setor montante.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.33081/formacao.v1i20.2058

Revista Formação (Online). ISSN: 1517-543X. E-ISSN: 2178-7298

 

 

INDEXAÇÕES E BASES BIBLIOGRÁFICAS

                         

Imagem relacionada

Apoio