TERRITÓRIO E O MODUS OPERANDI DA GOVERNANÇA NAS TERRAS, FLORESTAS E ÁGUAS DE TRABALHO NA COMUNIDADE SÃO FRANCISCO, CAREIRO DA VÁRZEA (AM)

Marília Gabriela Gondim Rezende, Therezinha De Jesus Pinto Fraxe, Antonio Carlos Witkoski

Resumo


A temática territorial vem sendo amplamente discutida na Geografia, devido aos múltiplos interesses que permeiam a temática. Partindo dessa contextualização, o objetivo deste artigo foi analisar a dinâmica territorial e o modus operandi da governança na Comunidade São Francisco, localizada no município Careiro da Várzea, no estado do Amazonas. Para atingir o objetivo, foram utilizados diversos instrumentos metodológicos como formulários, entrevistas abertas, oficinas participativas, e a Matriz de Cultivos. Pode-se inferir que a comunidade estudada passou por inúmeras modificações sociais, o que acabou ocasionando transformações de cunho territorial, com destaque para a redução do número de algumas espécies existentes nas terras, florestas e águas da Ilha do Careiro. Os ribeirinhos produzem inúmeras estratégias de conservação, com vistas a aumentar as espécies existentes em menor número, com destaque para estratagemas regulatórios promovidos por uma gestão territorial específica.

Palavras-chave


território; gestão; rede de articulação política

Texto completo:

PDF


Caderno Prudentino de Geografia - ISSN: 2176-5774

 

Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Local Presidente Prudente/SP

Rua Roberto Simonsen, 305, Centro Educacional, CEP: 19.060-900, Presidente Prudente, São Paulo.