ATRIBUIÇÃO DA TIPOLOGIA “GEOLOGIA” DA DIRETIVA QUADRO DA ÁGUA (DQA) PARA OS RESERVATÓRIOS PAULISTAS DO SISTEMA CANTAREIRA

Vinicius Ricaro Kumazawa, Marcelo Luiz Martins Pompêo, Marisa Dantas Bitencourt Pereira

Resumo


O crescimento populacional exige água em abundância e qualidade para atender as necessidades do ser humano na produção de alimentos, para o próprio consumo ou no setor industriário. Juntamente com o uso desse recurso natural há o despejo após seu uso e não há na mesma proporção o saneamento básico desse ciclo. Visando o alcance do bom estado/potencial ecológico das águas com o mínimo de degradação, pretende-se aplicar a Diretiva Quadro da Água, a gestão dos recursos hídricos da União Europeia, no Sistema Cantareira do Estado de São Paulo. Dessa forma, esse estudo exibe a geologia dominante dos reservatórios envolvidos para contribuir nos diferentes tipos que possivelmente possa existir de agrupamentos com características similares ao integrar com as outras variáveis obrigatórias como altitude, latitude, longitude e dimensão.


Palavras-chave


Sistema Cantareira; Reservatórios; Diretiva Quadro da Água

Texto completo:

PDF


Caderno Prudentino de Geografia - ISSN: 2176-5774

 

Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Local Presidente Prudente/SP

Rua Roberto Simonsen, 305, Centro Educacional, CEP: 19.060-900, Presidente Prudente, São Paulo.