ECONOMIA SOLIDÁRIA, DESENVOLVIMENTO LOCAL E SUSTENTÁVEL: NOVOS PARADIGMAS DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO?

Nildo Aparecido Melo

Resumo


A crise das políticas keynesianas de intervenção estatal na economia e de planejamento regional levou ao surgimento de “novas” teorias do desenvolvimento econômico, entre elas o desenvolvimento local, o desenvolvimento sustentável e a economia solidária. Nesse contexto, o desenvolvimento econômico na economia solidária está atrelado à associação, cooperação e solidariedade entre os trabalhadores, articulando-se às potencialidades locais de desenvolvimento e a sustentabilidade ambiental, além dos preceitos socialistas utópicos do século XIX, colocando-se como uma alternativa aos modelos clássicos de análise do crescimento econômico. A análise das características funcionais dos empreendimentos econômicos solidários na 10ª Região Administrativa do estado de São Paulo, no entanto, possibilitou o questionamento das reais possibilidades dessas teorias na emancipação social e na transformação da sociedade capitalista, em consonância com o desenvolvimento das forças produtivas e as contradições com as relações de produção neste início de século XXI.


Palavras-chave


desenvolvimento local, desenvolvimento sustentável, economia solidária

Texto completo:

Remoto PDF


Caderno Prudentino de Geografia - ISSN: 2176-5774

 

Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Local Presidente Prudente