CONSIDERAÇÕES SOBRE O CLIMA E OS RECURSOS HÍDRICOS DO SEMIÁRIDO NORDESTINO

Maria Elisa Zanella

Resumo


O semiárido nordestino apresenta elevadas taxas de insolação, altas temperaturas e baixas amplitudes térmicas mensais, características típicas de regiões tropicais. É marcado por baixos totais pluviométricos, irregular distribuição da chuva no tempo e no espaço, altas taxas de evapotranspiração e elevado déficit hídrico. Tais condições climáticas, associadas às características geológicas dominantes (rochas cristalinas), influenciam na menor disponibilidade dos recursos hídricos para a região, com repercurssão negativas para as populações que lá habitam. As políticas públicas adotadas para minimizar o problema são a construção de açudes, a perfuração de poços artesianos, a construção de cisternas rurais, a implantação de barragens subterrâneas, a dessalinização e aproveitamento da água salobra e o transporte de água a grandes distâncias a partir de adutoras e canais. Contudo, a falta de água ainda é presente na região, denotando que as soluções adotadas não resolveram definitivamente o problema.

Palavras-chave


Clima; Recursos hídricos; Semiárido.

Texto completo:

PDF


Caderno Prudentino de Geografia - ISSN: 2176-5774

 

Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Local Presidente Prudente/SP

Rua Roberto Simonsen, 305, Centro Educacional, CEP: 19.060-900, Presidente Prudente, São Paulo.