A GEODIVERSIDADE DO PONTAL DO TRIÂNGULO MINEIRO COMO POSSIBILIDADE PARA O TURISMO LOCAL

Carlos Roberto Candeiro, Roberto Barboza Castanho, Anderson Pereira Portuguez

Resumo


O presente artigo tem como objetivo apresentar os principais aspectos da Geodiversidade da região do Pontal do Triângulo Mineiro. Neste sentido, metodologicamente esta pesquisa foi realizada a partir de análise documental, levantamento bibliográfico, trabalhos de campo para coleta de dados e registro fotográfico, mapeamento e, por fim, análise dos dados. Como resultados pode-se apontar que no Pontal do Triângulo Mineiro ocorrem importantes feições que apresentam interesse a Geodiversidade local que são constituídos por: cachoeiras instaladas em basalto; localidades fossilíferas e morros residuais encontrados em rochas do Cretáceo Superior; e uma localidade arqueológica em paredões de rocha sedimentar. Nesta região, algumas estratégias voltadas para a proteção da geodiversidade podem colaborar com a proteção de materiais geológicos, geomorfológicos e paleontológicos que constituem as provas dos processos naturais do passado regional.


Palavras-chave


Geodiversidade; Pontal do Triângulo Mineiro; conservação; Turismo

Texto completo:

PDF


Caderno Prudentino de Geografia - ISSN: 2176-5774

 

Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Local Presidente Prudente/SP

Rua Roberto Simonsen, 305, Centro Educacional, CEP: 19.060-900, Presidente Prudente, São Paulo.