A metodologia do discurso do sujeito coletivo na representação social da bacia hidrográfica

Marcelo Henrique Otenio, Gabriele Medeiros Dos Santos, Davi Fortes Galvão, Maria Leonor Ribeiro Cassimiro Lopes Assad, Francisco Antonio Dupas

Resumo


A pesquisa qualitativa tem grande relevância na compreensão da relação socioambiental no contexto da bacia hidrográfica. Este estudo mostra os resultados da utilização da pesquisa qualitativa com a estratégia metodológica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Esta pesquisa foi realizada em municípios do entorno do Parque Estadual do Ibitipoca, MG/Brasil. Foram entrevistados jovens do ensino médio, representantes de escolas estaduais, produtores rurais e técnicos de extensão rural. Os resultados/discursos mostraram que 42% dos entrevistados compartilham a ideia de que as mudanças na paisagem, de alguma forma interferiram nas suas vidas ou produção e 30,0% concordaram que os rios e córregos são importantes para a atividade de produção. Diante dos resultados obtidos, constatou-se que compreender as expectativas, satisfação e conduta dos agentes sociais em relação ao ambiente são essenciais. Estas pesquisas podem dar suporte para a criação de modelos de gestão ambiental por analisar as populações locais e ainda indicar o caminho para a criação de programas de educação ambiental.

Palavras-chave


Pesquisa qualitativa; Recursos hídricos; Conservação ambiental

Texto completo:

PDF


Caderno Prudentino de Geografia - ISSN: 2176-5774

 

Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Local Presidente Prudente/SP

Rua Roberto Simonsen, 305, Centro Educacional, CEP: 19.060-900, Presidente Prudente, São Paulo.