Estratégias de reprodução social dos produtores rurais da Microbacia do Córrego 1° de Maio/Timburi no município de Presidente Prudente - SP

Vania Cristina Santos Pedro, Rosângela Aparecida de Medeiros Hespanhol

Resumo


As transformações ocorridas no espaço rural corroboram com a necessidade de conhecê-lo. Isso porque, com o desenvolvimento do capitalismo no campo, não se deve pensar que a pequena propriedade rural está em vias de desaparecimento. Nesse sentido, a agricultura familiar tem papel importante na redução do êxodo rural, além de ser fonte de recursos para famílias com baixa renda, destacando-se na produção de alimentos para abastecer o mercado interno. Deste modo, o município de Presidente Prudente se caracteriza pela presença de pequenas propriedades rurais, principalmente na Microbacia do Córrego 1° de Maio/Timburi, das quais 33 unidades produtivas que participaram do Programa Estadual de Microbacias Hidrográficas, 24 (72,72%) possuem até 50 hectares Esses pequenos produtores rurais acabam por desenvolver atividades que estão ou não ligadas à agricultura como forma de obtenção de renda e sua permanência no campo fica condicionada às estratégias adotadas, destacando-se a produção para o autoconsumo, a diversificação produtiva, o associativismo, as atividades não agrícolas e a participação em políticas públicas.

Palavras-chave


Estratégias de reprodução; Agricultura Familiar; Município de Presidente Prudente; Microbacia Hidrográfica.

Texto completo:

PDF


Caderno Prudentino de Geografia - ISSN: 2176-5774

 

Associação dos Geógrafos Brasileiros - Seção Local Presidente Prudente/SP

Rua Roberto Simonsen, 305, Centro Educacional, CEP: 19.060-900, Presidente Prudente, São Paulo.