FORMAÇÃO MUSICAL DO PROFESSOR GENERALISTA E POSSIBILIDADES DE TRABALHO SIGNIFICATIVO

Maria Flávia Silveira Barbosa

Resumo


Este trabalho é resultado parcial de estudos que vêm sendo realizados de forma independente com o objetivo de contribuir para a fundamentação teórica e prática de uma pedagogia musical diferente da que tem sido comumente adotada no ensino regular, especialmente nas escolas de Educação Infantil, nas quais as atividades musicais geralmente ficam a cargo de professores não especialistas. Parte-se da análise crítica de documentos oficiais que tratam da formação do professor generalista, com o intuito de verificar a existência (ou não) de indicações acerca da formação musical desse profissional. Entende-se que haja necessidade dessa formação, uma vez que os próprios Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (RCNEI) incluem uma proposta para a música. Verifica-se, entretanto, que essa nem sempre é a realidade observada em cursos de graduação em Pedagogia. Prossegue-se com a análise da proposta para a Música dos RCNEI, a qual se considera que, conquanto bastante rica e detalhada, não é uma proposta que pode ser facilmente levada a cabo por professores que não tenham uma formação especializada em música, entre outras coisas, por trabalhar, tanto em seus objetivos e conteúdos como em suas orientações didáticas, com conceitos específicos da área. Fundamenta-se, então, na perspectiva histórico-cultural do conhecimento – sobretudo na concepção de linguagem de Lev Vygotski e Mikhail Bakhtin – para apresentar uma proposta didática alternativa. Na elaboração dessa proposta, baseia-se também em autores brasileiros de Educação Musical.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v19i20.980


Palavras-chave


Formação de professores; educação musical; proposta didática

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v19i20.980


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com