Competências Docentes na Educação do Futuro: Anotações sobre a Formação de Professores

Pedro L. Georgen

Resumo


O artigo instiga a reflexão sobre as competências docentes na educação do futuro e afirma que professores não são formados; eles se formam no interior da complexa economia de mas condições bio/psiquicas, de seus ideais, desejos, valores e dos desejos que lhe vêm de fora, da práxis ou da teoria. A análise resgata, ainda, as competências formuladas por Philippe Perremoud e prossegue apontando outras quatro competências docentes a serem adquiridas, na formação inicial e permanente de professores: competência de lidar com o provisório, o erro e a ilusão, competência refuntiva, competência comunicativa e competência sensitiva e ecológica sobre a égide das transformações contemporâneas.

Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v6i6.88


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com