O DILEMA PRODUTIVIDADE-QUALIDADE NA PÓS-GRADUAÇÃO

Dermeval Saviani

Resumo


Este artigo, para discutir o dilema produtividade-qualidade na educação, aborda inicialmente o significado da pós-graduação e o modelo de pós-graduação implantado no Brasil. Em seguida, aponta-se, ao tematizar a questão da produtividade, que esta é ligada à concepção produtivista da educação, cuja origem remonta à Teoria do capital humano, e que se fortaleceu com a hegemonia do neo-liberalismo nas duas últimas décadas; e ao tematizar a questão da qualidade, aponta-se que o aumento da qualidade se revela compatível com o aumento da produtividade no âmbito da produção material, mas não no âmbito de atividades nas quais o produto não é separável do ato de produção. Tendo em vista estes pontos, ressignifica-se o dilema produtividade-qualidade e constroem-se estratégias que podem ser acionadas na luta por uma produção qualitativamente relevante na pesquisa e na pós-graduação em educação.


Palavras-chave


política educacional; pós-graduação; dilema produtividade-qualidade; neoliberalismo

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v17i18.723


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com