CINEMA E EDUCAÇÃO: UMA ANÁLISE DO FILME TOLERANTIA SOB A ÓTICA DA CONVIVÊNCIA SOCIAL

Josineide Alves Silva

Resumo


 Resumo

Este texto apresenta resultados parciais da pesquisa desenvolvida pela autora: “O Uso Escolar do Filme no Currículo do Estado de São Paulo”. O objetivo geral foi o de contribuir para o aprimoramento das formas didáticas de construção de leitores de filmes. Neste sentido, o presente texto, procura argumentar sobre o uso didático-pedagógico de um filme na escola, observando a intencionalidade definida no trabalho escolar, ao atentar para o desenvolvimento de habilidades e competências, inclusive no processo que envolve a leitura deste tipo de mídia. Assim, após identificar dificuldades de Convivência Social no espaço escolar, por uma série de questões internas e externas (no primeiro semestre letivo do ano de 2015), selecionei o filme Tolerantia (2008), sob a direção de Ivan Ramadan, como um instrumento didático-pedagógico para reflexão da temática em salas de aula do ensino fundamental e ensino médio, nas disciplinas de história e sociologia, observando também, o processo ideológico e estético desta produção cinematográfica, que será exposto, em um relato de experiência sobre a execução desta atividade.


Palavras-chave


Palavras-chave: Educação; Tolerância; Leitura de Filmes; Aprendizagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v27i3.4611


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com