As condições de trabalho dos professores de educação infantil em Santa Catarina, Brasil

Soraya Franzoni Conde

Resumo


Este artigo tem por objetivo compreender as condições de trabalho dos professores de educação infantil em oito municípios do Estado de Santa Catarina, Brasil. Ele decorre do projeto de pesquisa intitulado “As múltiplas determinações da formação continuada de professores de educação infantil em Santa Catarina: trabalho, gênero e formação”, que busca compreender as dificuldades dos docentes da educação infantil em frequentarem e permanecerem matriculados no Curso de Especialização em Docência na Educação Infantil (CEDEI) da UFSC.  Parte de problemática constatada durante as primeiras semanas de aula do curso quando um grande número de desistências ocorreram. Em termos metodológicos, foi aplicado um questionário com 80 profissionais da educação infantil e recolhidos depoimentos de 14 professores desistentes do curso. Entre os principais resultados, destacamos que as condições de trabalho dos professores de educação infantil são um dos aspectos que inviabilizam a formação continuada docente e tornam a desistência uma consequência.


Palavras-chave


Condições de trabalho, Educação Infantil, Formação Continuada.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.32930/nuances.v29i3.4399


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com