FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA NAS UNIVERSIDADES ESTADUAIS BAIANAS: MEMÓRIA E PERSPECTIVAS CONTEMPORÂNEAS

Mayllena Joanne Fernandes Carvalho, Claudio Eduardo Félix dos Santos

Resumo


O presente artigo trata das tendências e perspectivas de formação de professores nas proposições dos cursos de Educação Física nas Universidades Estaduais da Bahia (Uebas). Indagando que concepções e memórias acerca do trabalho educativo do professor de Educação Física estão postos nos projetos dos cursos de Educação Física das Uebas, objetivamos analisar as tendências pedagógicas que fundamentam os cursos de formação de professores de Educação Física e sua relação com a memória produzida acerca do trabalho do profissional no Brasil. As discussões apresentadas ao longo do artigo foram desenvolvidas a partir dos pressupostos teórico-metodológicos do materialismo histórico dialético, referências bibliográficas e documentos. Concluímos que a perspectiva de ensino do esporte e a atividade física estão fundamentadas em teorias não críticas que secundarizam o ensino dos conteúdos e não contribuem para uma visão ampla da problemática social no processo formativo e na futura prática docente.


Palavras-chave


Memória. Educação Física. Formação de Professores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v28i1.4345


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com