JULGAMENTOS DE CRIANÇAS SOBRE PUNIÇÕES EM DESENHOS ANIMADOS DA TV

Luana Carramillo-Going, Denise D'Auera Tardelli

Resumo


No referido estudo trabalhamos com 97 crianças da 3ª série do Ensino Fundamental. O  objetivo foi o de verificar como crianças de 8 a 11 anos raciocinam sobre punições em desenhos animados da TV - Tom e Jerry. A análise objetivou investigar se ao assistirem o desenho, as crianças aceitariam ou não, a punição expiatória física ou moral representada pelo personagem da história e qual punição seria mais justa para o erro cometido. Os julgamentos morais também foram apresentados por meio da expressão gráfica das crianças.  A partir de uma classificação categorial, as respostas foram agrupadas, seguindo uma progressão de punições mais severas até sanções morais com consciência abstrata. A opção  por punições coercitivas com apropriação do corpo apareceu significativamente, tanto nas respostas individuais quanto nas que foram dadas após a discussão coletiva. Nos desenhos, apesar da opção por punições coercitivas e decisões expiatórias, as crianças projetaram expressões mais suavizadas nos personagens.

Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v9i9/10.398


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com