“E A CIGANA ANALFABETA LENDO A MÃO DE PAULO FREIRE”: REFLEXÕES ACERCA DA FORMAÇÃO DE LEITORES NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

Ana Lúcia Espíndola

Resumo


Este trabalho, parte da tese de doutorado defendida em
março de 2003, na Universidade de São Paulo, centra-se no
objetivo de discutir a importância da formação de leitores na
sociedade contemporânea e o papel desempenhado pela escola nesse processo. Para dar conta de tal objetivo, primeiramente, buscamos compreender, como o uso da escrita – enquanto instrumento cultural utilizado pela humanidade – influenciou o desenvolvimento do pensamento  humano e, em segundo lugar, caminhamos na direção de tentar compreender como os homens se  relacionaram com a escrita em momentos históricos diferentes e o papel do leitor em diferentes contextos. Nossa investigação teórica aponta para a existência de uma grande ruptura, na sociedade letrada, entre oralidade e escrita.  Tal ruptura reflete-se na escola. Por outro lado, cabe à escola um papel importante no processo de formação de leitores tendo em vista que, embora não seja a escrita portadora de todas as virtudes, sua aquisição e domínio podem ser encarados como importantes no processo de luta contra as desigualdades.

Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v10i11/12.390


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com