BULLYING NA TV: PERCEPÇÕES DE ALUNOS E REPERCUSSÕES NA ESCOLA

Luana Santos Nogueira, Maria Suzana De Stéfano Menin

Resumo


RESUMO: Nesse artigo investigamos as percepções de adolescentes sobre programações televisivas que abordem o bullying e suas concepções sobre o tema. Para tanto, realizamos um levantamento teórico sobre bullying e mídia e aplicamos questionários a alunos de 6º ao 9º ano, de duas escolas públicas e duas particulares, no município de Presidente Prudente/ SP. Fizemos, ainda, grupos focais para compreender a visão dos estudantes sobre práticas de prevenção e contenção do bullying realizadas nas escolas e verificar, a partir dessas falas, se as mesmas tinham relação com casos exibidos na mídia. De modo geral, os participantes da pesquisa reconhecem que o bullying é abordado na escola e fazem relações com casos exibidos na TV; entretanto, para eles, essa abordagem não surte efeito na prevenção ou contenção. Para combater o bullying, entendemos ser necessário um trabalho contínuo de conscientização e (re)construção de valores, sendo a mídia-educação possibilidade para promover tais reflexões.

Palavras-chave


Bullying. Mídia televisiva. Adolescentes. Mediações

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v27i2.3773


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com