CAMINHOS TRILHADOS POR UMA PROFESSORA-PESQUISADORA NA DISCUSSÃO SOBRE BULLYING E VIOLÊNCIA

Elise Helena Moura Batista, Dirce Djanira Pacheco e Zan

Resumo


Este trabalho busca apresentar os desafios vivenciados por uma professora de Educação Física em relação às exclusões observadas entre o grupo de alunos durante as aulas, assim como explicitar os caminhos percorridos enquanto pesquisadora no intuito de compreender a dinâmica da interação dos alunos em relação às violências observadas nas aulas, dentre elas o bullying. A partir da discussão empreendida com os alunos em um Grupo Focal, evidenciou-se que o bullying, como uma forma específica de violência, está atrelado às diferenças presentes entre os alunos, diferenças que acabam por culminar em desigualdades, discriminações e preconceitos, existentes no contexto sociocultural, ou seja, que ultrapassam os muros da escola. Assim, a experiência da professora-pesquisadora confirma a importância de uma educação que possibilite espaços para o diálogo sobre as temáticas que perpassam as aulas/conteúdos, em uma perspectiva de educação integral. 


Palavras-chave


Bullying; Educação Física; Grupo Focal

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v27i3.3662


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com