"É GRAÇAS AOS AMIGOS QUE SE PODE, ÀS VEZES,S TER SUCESSO" – AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DO GRUPO - CLASSE IDEAL PARA ESTUDANTES FRANCESES

Nicole Lautier, Sophie Richardot

Resumo


O objetivo deste artigo é estudar as representações sociais de um grupo ideal de classe de alunos de ensino fundamental e médio (12-18 anos), um grupo ao mesmo tempo preocupado com relacionamento amigável e trabalho investido. Como conciliar sucesso escolar e a necessidade de fraternidade? 422 alunos, de diferentes instituições (públicas e privadas, situados na zona central e na periferia) foram convidados a constituir as suas próprias classes ideais a partir de três critérios (nível da escola, comportamento em classe e atitude em relação aos pares). Os resultados mostram que, para os alunos, um grupo-classe tem de ser em primeiro lugar amistoso, em seguida, disciplinado e, finalmente, de um bom nível escolar. Parece também que as diferentes estratégias de sucesso escolar destinadas a articular necessidade de estar envolvido em um grupo amigável e o imperativo de sucesso escolar são elaboradas de acordo com o tipo de instituição e do nível escolar do aluno.

Palavras-chave


representações sociais; estudantes; grupo-classe ideal; amizade; sucesso

Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v16i17.326


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com