A MEDIAÇÃO DOCENTE EM UMA AULA DE MATEMÁTICA: UMA ABORDAGEM HISTÓRICO-CULTURAL

Isabel Koltermann Battisti, Cátia Maria Nehring

Resumo


O presente texto discute a mediação docente no ensino que visa à apropriação pelos estudantes da significação de conceitos da geometria plana, a partir de uma investigação que questiona: de que forma a mediação docente se estabelece em uma aula de matemática que faz uso do software GeoGebra e intervém nos processos de ensino e de aprendizagens de conceitos relacionados ao triângulo equilátero? A empiria se constitui a partir do planejamento e dos encaminhamentos docentes e das elaborações discentes em uma aula de matemática desenvolvida em uma turma de 8º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública. As análises se estruturam mediante a abordagem histórico-cultural, da Teoria da Atividade e da Atividade Orientadora do Ensino. Identificamos que a mediação docente se estabelece de forma intencional e em diferentes ações docentes, estruturadas na unidade entre a significação dos conceitos pelos estudantes e a organização e desenvolvimento do ensino.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v25i2.2818


Palavras-chave


Mediação docente; Abordagem histórico-cultural; Teoria da atividade; Software GeoGebra; Geometria plana

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v25i2.2818


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com