A. N. LEONTIEV E A CRÍTICA AO “APRENDER A APRENDER” PEDAGÓGICO NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR

Ana Luiza Borges Da Silva, Tiago Nicola Lavoura, Marta Loula Dourado Viana

Resumo


Partindo de uma pesquisa bibliográfica e documental acerca da produção do conhecimento na área da Educação Física (EF), a pesquisa constata a presença hegemônica do construtivismo-interacionismo nos fundamentos epistemológicos e pedagógicos do ensino da EF nos diversos níveis de escolarização e, em especial, na educação infantil. Assim, realiza-se uma crítica a tais concepções de ensino confrontando-as com os fundamentos teóricos da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica, sobretudo tomando-se como referência de análise as contribuições da teoria da atividade de A. N. Leontiev, delineando-se possibilidades de atividades de ensino com jogos e brincadeiras na área da Educação Física no trabalho pedagógico com crianças pequenas.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v25i2.2802


Palavras-chave


Teoria da atividade; Desenvolvimento infantil; Psicologia histórico-cultural; Pedagogia histórico-crítica

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v25i2.2802


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com