FALANDO DE TRANSIÇÕES: ENTRE A EDUCAÇÃO DE INFÂNCIA E A ESCOLA

Maria João Cardona

Resumo


Este artigo pretende refletir sobre o processo de transição entre a educação pré-escolar e a escola, analisando algumas questões e fundamentos teóricos a considerar quando se aborda esta problemática. Começando pela definição do conceito de transição, numa primeira parte é feito o ponto da situação de algumas das principais pesquisas desenvolvidas nos últimos anos sobre esta temática. Num segundo momento são apresentados dados de pesquisas realizadas em Portugal com a finalidade de ouvir o ponto de vista de educadoras, professoras e crianças. A necessidade de desenvolver trabalhos de pesquisa sobre a transição entre a pré-escola e a escola é fundamental para uma melhor compreensão das implicações que o processo de transição tem na vida das crianças e dos fatores que influenciam positiva ou negativamente a forma como esta decorre. Esta análise tem implicações importantes em nível das práticas de formação, do trabalho realizado com as famílias e das práticas educativas desenvolvidas na educação pré-escolar e escolar.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v25i2.2772


Palavras-chave


transições; educação infantil; educação escolar

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v25i2.2772


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com