Divisão do Trabalho Pedagógico e Alienação

Adão José Peixoto

Resumo


Esta pesquisa procura discutir a questão da divisão do trabalho e da alienação no âmbito do trabalho pedagógico. A preocupação fundamental é mostrar como a fragmentação do trabalho no âmbito da escola, com o pretexto de alcançar uma maior otimização, torna a atividade docente alienante, isto e, mecânica, rotineira, burocratizada e sem sentido. Além de tornar a atividade docente alienante, a parcelarização do trabalho pedagógico cumpre um papel político, o de exercer um controle sobre os professores e, ao mesmo tempo, baratear o ensino destinado aos filhos dos trabalhadores.


Palavras-chave


Educação; Alienação; Divisão do Trabalho

Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v1i1.27


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com