O Professor e a transformação da realidade

Renê José Trentin Silveira

Resumo


A sociedade em que vivemos é marcada pela presença de classes sociais antagônicas (luta de classes), cujo conflito se manifesta também no interior da instituição escolar. Desse modo, a escola não pode ser vista apenas como representante dos interesses da classe dominante, uma mera reprodutora da estrutura social. Ela não é o "feudo da classe dominante"; ao contrário, é "palco de contradições", campo de batalha onde se confrontam as forças da dominação e as forças da libertação. Por esse motivo, é possível (e, de certo modo, até necessária) ao professor, dentro da especificidade do trabalho que realiza, direcioná-lo no sentido da critica e da transformação da realidade em favor das classes oprimidas.


Palavras-chave


Professor; Política; Educação; Escola

Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v1i1.24


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com