PROBLEMATIZAÇÃO NO ENSINO DE TÓPICOS DO ELETROMAGNETISMO POR MEIO DAS ETAPAS DA PSICANÁLISE BACHELARDIANA

Moacir Pereira de Souza Filho, Sérgio Luiz Bragatto Boss, João José Caluzi

Resumo


O objetivo desse artigo é discutir a problematização no ensino de Física subsidiada por uma metodologia que se baseia nas etapas do processo da psicanálise, proposta por Santos (1998) – consientização, desequilibração, familiarização - e que está fundamentada na epistemologia bachelardiana. O trabalho foi desenvolvido e aplicado em um curso extracurricular e foram investigadas as concepções de alunos do curso de licenciatura em Física da Unesp de Bauru referentes aos tópicos do eletromagnetismo. Os dados foram categorizados em níveis de complexidade e apresentados em tabelas e gráficos. A análise dos resultados nos permitiu inferir o perfil conceitual ou epistemológico da amostra investigada.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v22i23.1751


Palavras-chave


Gaston Bachelard; Ensino de Física; História da Ciência

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v22i23.1751


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com