A PESQUISA NA PÓS-GRADUAÇÃO E SEUS IMPACTOS NA EDUCAÇÃO

Bernadete Angelina Gatti

Resumo


Ao final do século vinte aumentou na literatura internacional o debate em torno da definição do campo da Educação e de seu objeto. A Educação vem se constituindo como um campo de conhecimento e de pesquisa que ainda busca seu espaço. Admitindo o pressuposto de que um campo de reflexão, ou campo de conhecimento temático, não se configura por delimitações de teorias, métodos e objetos apriorísticos e abstratamente definidos, mas que o campo se constrói no próprio movimento histórico das intencionalidades colocadas nos estudos e investigações concretamente produzidos, pretende-se uma breve reflexão sobre como se pesquisa no campo da Educação no Brasil, na atualidade. O que observamos no movimento da produção dos trabalhos no campo da Educação nos últimos anos é o surgimento de novas aproximações abrindo um leque de temas à investigação, trazidos com um olhar teórico-metodológico que em parte recria ou cria novas posturas para a busca e a interpretação dos dados. Este é um novo passo a ser dado, não para a construção de um consenso hegemônico, mas para balizar os limites dos conhecimentos elaborados.


Palavras-chave


pesquisa em educação; epistemologia; paradigmas da pesquisa; cotidiano escolar.

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v15i16.175


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com