A EDUCAÇÃO ESCOLAR E O CARÁTER HUMANIZADOR DO TRABALHO EDUCATIVO NA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA: A FORMAÇÃO DA INDIVIDUALIDADE PARA-SI

Sônia Maria Coelho

Resumo


Tomando como referencia a Pedagogia Histórico-Critica este artigo pretende discutir a natureza do trabalho educativo na sua intencionalidade, característica essa que determina condições fundamentais para sua realização. Dentro dessa perspectiva, tece considerações sabre a formação da Individualidade Para-si segundo Duarte (1993), par meio da atividade escolar e discute a maneira pela qual esse trabalho pode ser considerado através da Teoria do Cotidiano, como uma atividade que pode ser cotidiana ou não, de acordo com os estudos feitos par Agnes Heller (1977-1989).


Texto completo:

Artigo


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v7i7.135


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com