O PAPEL DA INVESTIGAÇÃO NA FORMAÇÃO DE EDUCADORES E PROFESSORES – UM ESTUDO DE CASO

Cristina Maria Gonçalves Pereira

Resumo


A formação de educadores e professores surge como um vetor estratégico indispensável para operar mudanças de diversa natureza no domínio da educação e, por extensão, no domínio das conceções de profissão e de profissionalismo docente. O atual Regime Jurídico de Habilitação Profissional para a Docência (Decreto-Lei nº 43/2007) surgiu no contexto de reorganização do Ensino Superior ao Processo de Bolonha. Este documento, ao situar a formação profissional dos Educadores de Infância e dos Professores do 1º Ciclo do Ensino Básico ao nível do 2º Ciclo de Formação (Mestrado), pode contribuir para um reforço no reconhecimento da importância destes atores na promoção de um desenvolvimento de qualidade, tão necessário à sociedade portuguesa, mas remete, essencialmente, para a necessidade de uma formação inicial exigente e de qualidade. Outro aspecto a merecer destaque neste Decreto-Lei relaciona-se com a possibilidade do desempenho profissional se estender a dois ciclos de ensino. Esta maior abrangência, para além de tornar possível a mobilidade dos docentes entre os níveis e ciclos de ensino, permitirá, entre outros aspectos, o acompanhamento dos alunos pelos mesmos docentes por um período de tempo mais alargado, favorecendo uma dinâmica de articulação das aprendizagens entre os diferentes ciclos de ensino. Tendo como pano de fundo este contexto, o presente artigo propõe-se apresentar e analisar alguns dos fundamentos que estiveram na base da organização curricular do Ciclo de Estudos de Mestrado em Educação Pré-Escolar e em 1º Ciclo do Ensino Básico na Escola Superior de Educação de Castelo Branco (ESECB), merecendo-nos uma análise mais detalhada a integração da componente de formação em investigação educacional na área de iniciação à prática profissional. Considerando que a “voz” dos mestrandos constitui um instrumento fundamental para a análise que pretendemos realizar, concluímos com a apresentação e análise dos dados obtidos no “Relatório Reflexivo” solicitado aos alunos na fase final da componente curricular do curso.

http://dx.doi.org/10.14572/nuances.v20i21.1098


Palavras-chave


Habilitação profissional para a docência; metodologias de investigação educacional; relatório reflexivo

Texto completo:

ARTIGO


DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v20i21.1098


Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Tecnologia/Unesp - Presidente Prudente.

Retornar ao portal de revistas
Menor Menor Médio Médio Maior Maior
Facebook Facebook Revista Nuances
Email nuances.fct@gmail.com